ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 12 abr 2021 · Vacinação

PRIMEIRA ETAPA DE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE IRÁ ATÉ O INÍCIO DE MAIO

Serão vacinados primeiro crianças, gestantes, puérperas e profissionais de saúde; em Itumbiara, vacinação é feita no Nabs, Cais e em mais oito postos de saúde
A primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra a gripe, que começou nesta segunda-feira, 12 de abril, irá até o dia 5 de maio. Neste período, serão vacinadas crianças (de seis meses a menores de seis anos), gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias depois do parto), indígenas e profissionais de saúde.
A imunização é para os vários tipos de Influenza (como H1N1) e será feita em paralelo à vacinação contra a Covid-19. Como os idosos estão recebendo atualmente as doses contra o coronavírus, eles serão vacinados, contra a gripe, mais para frente. A campanha prosseguirá, de 5 de maio a 9 de julho, atendendo os demais públicos, incluindo os idosos com 60 anos ou mais. A meta do Ministério da Saúde é que 90% de cada público recebam as doses da vacina.
EM ITUMBIARA
Em Itumbiara, são, para todas as etapas, 37.930 doses. Somente nesta primeira etapa, são 8.519 doses. Na cidade, não há população indígena.
A vacinação é feita, de segunda a sexta-feira, das 9 às 11 horas e das 14 às 17 horas, no Nabs (no Bairro Jardim América), no Cais (no Setor Anhanguera) e em mais oito postos da ESF (Estratégia de Saúde da Família), também chamados de postos de saúde.
UBS (que compreende os ESFs 8, 17 e 21) – Rua V4, 45, Vila Vitória 2
ESF 19 – Rua 17, nº 245, Bairro Santos Dumont
ESF 12 – Rua 20, nº 352, Bairro Santa Inês
ESF 6 – Rua Jandaia, 40, Bairro Brasília
ESF 18 – Rua Natal Vasconcelos Montes, 1539, Bairro Social
ESF 15 – Rua Mineiros, 139, Bairro Nova Aurora
ESF 3 – Rua Claro Gomes, 580, Bairro Parque dos Buritis 1
ESF 11 – Rua Guarani, 202, Setor Rodoviário
Para vacinar é necessário apresentar documento de identificação com foto (como carteira de identidade ou CNH), CPF, documento da criança (como certidão de nascimento), comprovante de endereço, cartão de vacina (da criança e do adulto), cartão da gestante e comprovação de pertencimento ao grupo prioritário (como registro profissional e carteira de trabalho, no caso dos funcionários da área de saúde).