ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 28 out 2021 · Outros

CAVALOS SÃO RESGATADOS DE LAGOA DE ITUMBIARA

As equipes de fiscalização da AMMAI, a Agência Municipal do Meio Ambiente, e da UVZ, Unidade de Vigilância em Zoonoses, acompanhadas da Polícia Militar, resgataram nesta quinta-feira, dia 28 de outubro, cinco cavalos que estavam amarrados na lagoa do Bairro Cidade Jardim, em Itumbiara. A apreensão foi feita depois dos fiscais receberem denúncias de que os animais passaram a noite lá nestas condições.
A coordenadora de educação ambiental da AMMAI, Obede Rodrigues Alves, e a coordenadora de Zoonoses, Fernanda Camargo, explicam que a lagoa do Bairro Cidade Jardim é uma APP, área de preservação permanente. E que animais não podem ficar em APPs. Obede e Fernanda informam que todos animais que estiverem em áreas de preservação permanente serão retirados destes locais.
Os cavalos resgatados foram encaminhados à Unidade de Vigilância em Zonooses, na zona rural de Itumbiara. Lá estão passando por uma avaliação veterinária. Se os animais não estiverem bem, não serão devolvidos aos donos e ficarão à disposição para doação. A AMMAI instaurou um processo administrativo, que pode gerar multas aos donos por maus tratos e permanência dos animais em áreas de preservação permanente.
Obede e Fernanda explicam ainda que animais de grande porte, como cavalos, não podem ser criados dentro do perímetro urbano, porque trazem riscos à população, como acidentes.
As denúncias sobre maus tratos de animais e deles estarem em APPs podem ser feitas, de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, na AMMAI, pelo telefone fixo, que também é WhatsApp, (64) 3433-0316, ou na Zoonoses, pelo zap institucional da unidade, (64) 99294-7154.
REPORTAGEM: DIONI RIBEIRO / DECOM