ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 02 abr 2021 · Posturas

EQUIPE DE POSTURAS ORIENTA SOBRE USO CORRETO DE MÁSCARA

 

A equipe do Departamento de Fiscalização de Posturas intensificou, desde a semana passada, ações de conscientização sobre a necessidade do uso da máscara e a forma correta de usá-la. Os profissionais contam com a parceria da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária Municipal.

Um locais dessas ações é a Avenida Beira Rio, com abordagens no momento em que as pessoas fazem caminhadas ou corridas lá. A pista da Beira Rio, sentido calçadão / Hospital Municipal, é interditada para tráfego de veículos e de pedestres, de segunda-feira a sábado, das 17 às 21 horas, e aos domingos, das 16 às 21 horas. O objetivo é evitar aglomerações, numa das tentativas de conter o avanço do contágio do coronavírus.

“Orientamos que as pessoas usem a máscara de forma correta, sobre a boca e o nariz, e não no queixo, como alguns fazem”, explicou o diretor de Posturas, Celso Prateado. “Outros circulam com a máscara na mão ou no bolso e aí reforçamos, mais uma vez, para colocarem, correto, no rosto”, frisou.

USO OBRIGATÓRIO E MULTA
O uso da máscara é obrigatório no município como medida sanitária preventiva para evitar novos casos e mortes de Covid-19. De acordo com o novo decreto municipal, em vigência desde esta quarta-feira, dia 31, quem estiver circulando sem a máscara em locais públicos, como ruas, avenidas, praças e feiras livres, pode ser multado em R$ 500,00. A multa é a mesma para os clientes em comércios. Já o dono do estabelecimento comercial será multado em R$ 2.000,00.

Celso Prateado destacou que “não seria preciso multar se todos cumprissem essas medidas e usassem a máscara, para se proteger e proteger as outras pessoas”. “Mas muitos insistem em não cumprir as determinações e aí temos que agir com a multa”, completou.

Selecionamos dois cartazes para reforçar a conscientização, feita desde o início da pandemia, em 11 de março do ano passado, sobre a necessidade e o uso da máscara.

REPORTAGEM: DIONI RIBEIRO / DECOM