ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 20 mar 2021 · COVID-19

DECISÃO DE TRANSFORMAR UPA ITUMBIARA EM ATENDIMENTO EXCLUSIVO PARA COVID É MODELO PARA GOIÁS

Em 18 dias, unidade atendeu 1.847 pessoas com sintomas gripais. Secretaria de Saúde e Prefeitura de Itumbiara instalaram 4 leitos de estabilização e 8 de suporte ventilatório para atendimento à população
A decisão de transformar a UPA em centro de atendimento exclusivo ao Covid, adotada pela Prefeitura de Itumbiara e Secretaria Municipal de Saúde, vem sendo recomendada para todos os municípios goianos. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, sugeriu aos prefeitos que transformem as UPAs no interior em unidades de enfrentamento da Covid.
Em 18 dias de funcionamento, entre 1º a 18 de março, a UPA de Itumbiara atendeu 1.847 pessoas com sintomas gripais, realizando quase 9 mil procedimentos, conforme relatório da unidade. Em média, mais de 100 pessoas passaram pelo local todos os dias.
A Secretaria Municipal de Saúde instalou no local 4 leitos de estabilização e 8 de suporte ventilatório. Foram realizados cerca de 200 exames e entregues 878 medicamentos do chamado Kit Covid. O centro de atendimento funciona 24 horas, sete dias por semana.
A UPA foi transformada em Centro de Covid numa decisão do prefeito Dione Araújo com o secretário Guilherme Davi, para dar uma resposta mais efetiva no enfrentamento da Covid. “Ao analisarmos os prospectos da segunda onda de Covid, que é mais grave, precisávamos de uma unidade de suporte aos pacientes até surgir uma vaga em UTI. Conversando com o prefeito, decidimos que a UPA era o local mais adequado e transformamos a UPA, instalando novos equipamentos para atender pacientes leves, moderados e graves, com medicação e monitoramento destes pacientes”.
Guilherme Davi lembra ainda que o Hospital Municipal Modesto de Carvalho (HMMC) agora conta com 10 leitos de UTI credenciados na rede estadual e foram instaladas duas salas de ventilação não invasiva, com terapia alternativa.