ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 02 mar 2022 · Saúde

BALANÇO SAÚDE 2021: VIGILÂNCIA SANITÁRIA REALIZA MAIS DE SEIS MIL AÇÕES, COM ORIENTAÇÕES PARA PREVENÇÃO, REDUÇÃO OU ELIMINAÇÃO DE RISCOS À SAÚDE

Em 2021, a Vigilância Sanitária Municipal (VSM), ligada à Superintendência de Vigilância em Saúde, realizou 6.105 ações para promoção da saúde. Esta é uma das reportagens da série sobre os balanços das diversas áreas da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no primeiro ano da gestão do prefeito Dione Araújo.
O prefeito de Itumbiara, Dione Araújo, o secretário de Saúde, Guilherme Davi, a superintendente de Vigilância em Saúde, Elinamar Arantes, e a coordenadora da Vigilância Sanitária Municipal, Leidiane Resende Silva Andrade, explicam que o órgão está de acordo com a Lei Sanitária Municipal, nº 2.833/2003, cujo objetivo é estabelecer um conjunto de ações de forma que previna, reduza ou elimine riscos à saúde, além de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e prestação de serviços de interesse à saúde.
A Vigilância Sanitária Municipal leva orientações a estabelecimentos comerciais da área de alimentação (como indústrias, supermercados, mercearias, restaurantes, lanchonetes e bares), orientando sobre as boas práticas de manipulação e acondicionamento de produtos alimentícios. Atua em farmácias, drogarias e distribuidoras, verificando o controle dos medicamentos. Atua ainda em estabelecimentos de saúde e de interesse à saúde. O órgão também é responsável por expedir o alvará sanitário anual, checando a documentação de empresas e entidades.
Desde maio de 2021, a Vigilância Sanitária Municipal funciona no Complexo Administrativo da Saúde, no Senac, no Bairro Ernestina Borges de Andrade. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas. As pessoas podem fazer denúncias ou pedidos de informações pelo WhatsApp institucional do órgão, (64) 3433-0300, ou pelo e-mail [email protected]
TEXTO: DIONI RIBEIRO / DECOM
FOTOS: equipe VIGILÂNCIA SANITÁRIA MUNICIPAL / VIGILÂNCIA EM SAÚDE