ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 01 fev 2022 · Saúde

BALANÇO 2021: MAIS DE UM MILHÃO DE ATENDIMENTOS NAS UNIDADES PÚBLICAS DE SAÚDE EM ITUMBIARA

No ano de 2021, a Secretaria Municipal de Saúde registrou mais de um milhão de atendimentos nas unidades públicas municipais de saúde em Itumbiara (cerca de R$ 1.229.526,00). Neste período, a SMS fez reestruturações para ampliar estes atendimentos à população. Os balanços estão nos relatórios das diversas áreas da Secretaria no primeiro ano da gestão do prefeito Dione Araújo.
De acordo com o secretário de Saúde, Guilherme Davi, e o secretário adjunto, Guilherme Machado, a estrutura de uma secretaria numa cidade do porte de Itumbiara, com de 106 mil 845 habitantes, contempla variadas atividades para atender bem os moradores nas mais diversas necessidades.
Guilherme Davi destaca a transferência do Complexo Administrativo da Saúde para a sede do Senac, tendo economia com alugueis de imóveis. 2021 foi o ano do início da vacinação contra a Covid-19. No enfrentamento ao coronavírus, teve, além da imunização, destinação da UPA Dr. Ciro Garcia exclusivamente para tratamento da doença, instalação de leitos de UTIs no Hospital Municipal Modesto de Carvalho e atuação do Hospital Estadual São Marcos como hospital de campanha.
Também foram realizados mutirões de cirurgias eletivas para zerar uma fila de espera de 1.125 procedimentos, com alguns pacientes que aguardavam até oito anos para serem operados.
A equipe da SMS conta com a Superintendência de Atenção Básica, com 22 unidades na cidade, uma no distrito de Meia Ponte e uma em Sarandi, além da UPA. Serviço especializado de Odontologia no CEO. Centro de Especialidades Odontológicas. Resgate e encaminhamento de pacientes pelo SAMU. Também atendimentos em diversas especialidades médicas no CAIS.
O processo de saúde mental foi unificado no CAPS Dr. Murilo Borges. A Superintendência de Vigilância em Saúde une a Vigilância Epidemiológica, a Vigilância Sanitária Municipal, o Departamento de Endemias, a Unidade de Vigilância em Zoonoses e o CEREST (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador).
Vamos detalhar os balanços de cada área em reportagens específicas.
TEXTO: DIONI RIBEIRO / DECOM
FOTOS: ROBSON HENRIQUE / DECOM