ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 27 out 2021 · Outros

PREFEITURA ENTREGA À POPULAÇÃO MAIS DE 18 MIL ALIMENTOS PRODUZIDOS NA HORTA DO BEM

Nesta terça-feira, dia 26 de outubro, a Prefeitura de Itumbiara (por meio das secretarias de Ação Urbana, de Governo e de Educação e da Funsol, a Fundação de Solidariedade) entregou alimentos produzidos no projeto “Horta do Bem” a moradores dos bairros Dona Sinica e Ladário Cardoso. Com estas duas distribuições, são 18.150 verduras e legumes entregues à população, em escolas municipais e CMEIs (para reforçar a merenda escolar), órgãos públicos (como Hospital Municipal) e programas de assistência e promoção social. Entre as hortaliças distribuídas, alface, couve e almeirão.
O projeto “Horta do Bem” foi implantado em agosto deste ano, com o plantio das hortaliças em duas escolas municipais, José Gomes Pereira, no Bairro Cidade Jardim, e Juca Andrade, no Bairro Jardim Liberdade. Também terão hortas na Escola Municipal Rogério Ribeiro Mendonça, onde era o Colégio Estadual Emília Maria Guimarães, no Bairro Santa Inês, e no CMEI José Flávio Soares (Juca Flávio), no Bairro Dom Velloso.
Nestas hortas, são produzidos alimentos como hortelã, manjericão, mostarda, jiló, chuchu, brócolis, couve-flor, alface, almeirão, berinjela, rúcula, cenoura, couve, coentro, nabo, batata-doce, abóbora, cebolinha, cebola de cabeça, pimenta, pimentão, milho verde, mandioca, quiabo, pepino, salsa e tomate.
Os idealizadores do projeto, os secretários de Ação Urbana, Tom de Oliveira, e de Governo, Thales Machado, destacaram o compromisso do prefeito Dione Araújo em incentivar a alimentação saudável, com produtos fresquinhos, entregues no dia em que são colhidos. Os vereadores Wellington Areda e Zezé Preto, e o diretor de Habitação, Joãozinho Maisfértil, que acompanharam as distribuições nesta terça, frisaram o empenho de Tom, Thales e da presidente da Funsol, Carol Palhares, em atender moradores de diversos bairros de Itumbiara.
Moradores beneficiados agradeceram o recebimento dos alimentos, principalmente num período em que verduras e legumes estão com preços altos, comprometendo os orçamentos de diversas famílias.
FOTOS: ROBSON HENRIQUE / DECOM