ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 14 jan 2022 · Outros

Aumento dos casos de Covid em Itumbiara preocupa e Comitê de Enfrentamento analisa situação epidemiológica. Fiscalização será reforçada e medidas de restrição podem aumentar

O Comitê de Enfrentamento da Covid em Itumbiara realizou reunião na tarde da última quinta-feira (13/01), para analisar a situação epidemiológica da doença e medidas para reduzir o ritmo de contágio. O Comitê é um colegiado formado por 36 representantes do poder público com a participação de Técnicos da Saúde, do Ministério Público, Poder Judiciário, Polícias Civil e Militar, Entidades de Classe como OAB, CDL, Sindilojas, ACISI, faculdades, Redes Municipal, Estadual e Particular de Ensino, Hospitais Públicos e Privados e outros órgãos.
CONTÁGIO
A Vigilância Epidemiológica divulgou relatório apontando que Itumbiara já tem 806 casos ativos de Covid, até 13 de janeiro. A curva de contaminação, que estava zerada em novembro, aumentou sobretudo após as festas de fim de ano. No ritmo atual, é possível que supere o mês de julho de 2021, o maior pico da epidemia até agora, com mais de 1.500 casos.
Embora tenha ocorrido aumento exponencial dos casos, a maioria é de sintomas leves. Até 13 de janeiro, havia três pessoas internadas em leitos de UTI e duas em enfermaria e a maior parte de não-vacinados ou com ciclo vacinal incompleto.
ATENDIMENTO
A Secretaria Municipal de Saúde reforçou o atendimento nas unidades de saúde para pessoas com síndrome gripal, seja Covid ou gripe. Foram disponibilizados exames para testagem da população, identificando os casos de Covid, que recebem medicação e isolamento.
O Hospital Municipal conta com 10 leitos de UTI e outros 20 no Hospital Estadual São Marcos. A Secretaria Municipal de Saúde informou que a partir da próxima segunda (17/01), o São Marcos também irá realizar testes de Covid.
VACINAÇÃO
A SMS informou que já foram aplicadas quase 180 mil doses da vacina contra Covid, com quase 85% da população vacina com pelo menos uma dose. Com a chegada das vacinas para crianças prevista para os próximos dias, a Secretaria vai montar mais duas salas de vacinação especificadas para menores de 12 anos, com horários à noite e fim de semana.
FISCALIZAÇÃO
A Prefeitura informou que irá reforçar a fiscalização e cumprimento das medidas sanitárias, num esforço conjunto do Departamento de Posturas, com apoio da SMT, Procon, Vigilância Sanitária e Polícia Militar. O município vai divulgar uma campanha de conscientização e solicitou apoio das entidades de classe para reforçar o uso de máscaras, distanciamento social, uso de álcool em gel e medidas sanitárias.
ANO LETIVO
As aulas na rede estadual começam no dia 19 de janeiro e na rede municipal no dia 24 de janeiro. Como as escolas já seguem um protocolo rígido de medidas sanitárias, elaborado pela Vigilância Sanitária, o calendário escolar será mantido. A Secretaria Municipal da Educação informou que as Escolas e CMEIs estão preparados e adotarão todos procedimentos de segurança, mas que vai continuar ofertando o ensino remoto, para os pais que não quiserem levar seus filhos para as aulas presenciais, disponibilizando as atividades impressas para os estudantes, na própria Unidade Escolar e/ou na Plataforma.
MUDANÇAS NO DECRETO
Caso as ações não tenham resultado, a Prefeitura fará mudanças no Decreto para aumentar as medidas restritivas, como suspensão de shows, eventos, festas e torneios esportivos, entre outras. O alcance destas medidas ainda está sendo estudado pelo grupo técnico e será avaliado diariamente de acordo com os números da situação epidemiológica.