ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 22 jul 2021 · Vacinação

GESTANTES E PUÉRPERAS VACINADAS COM 1ª DOSE DA ASTRAZENECA PODEM RECEBER A 2ª DOSE DA PFIZER OU CORONAVAC, COM PRESCRIÇÃO MÉDICA

As gestantes e as puérperas, mulheres até 45 depois do parto, com 18 anos ou mais, com ou sem comorbidades, que tomaram a primeira dose da vacina AstraZeneca / Oxford / Fiocruz há 90 dias, já podem tomar a segunda dose, com as vacinas da Pfizer / BioNTech ou Coronavac / Butantan. As mulheres em idade fértil que engravidaram ou engravidarem depois da aplicação da primeira dose da AstraZeneca também podem ser vacinadas com a segunda dose com Pfizer ou Coronavac. Mas é preciso apresentar uma prescrição médica recomendando essas vacinas.

A orientação foi feita em nota informativa, da Secretaria de Estado de Saúde, de Goiás (SES-GO), divulgada agora em julho. Em maio, a Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, fez uma recomendação, seguida pelo Ministério da Saúde, para não se vacinarem mais as grávidas e as puérperas com AstraZeneca / Oxford / Fiocruz, com a explicação de que a aplicação deste imunizante poderia trazer reações adversas durante a gravidez e logo depois do parto.

Outra orientação é que as grávidas e puérperas poderão aguardar o fim do puerpério, 45 dias depois do parto, para, aí sim, serem vacinadas com a segunda dose da AstraZeneca.

EM ITUMBIARA
O prefeito de Itumbiara, Dione Araújo, o secretário de Saúde, Guilherme Davi, e a superintendente de Vigilância em Saúde, Elinamar Arantes, explicam que as grávidas e as puérperas, vacinadas com a primeira dose da AstraZeneca há 90 dias, devem primeiro buscar a prescrição médica recomendando a vacinação, de segunda dose, com a vacina da Pfizer ou Coronavac. Nos dias que tiver vacinação com uma dessas duas vacinas (seja de primeira ou de segunda dose), elas podem ir aos postos de imunização (no Colégio Estadual Dom Veloso ou no espaço Capim de Ouro, na Avenida Beira Rio) para serem vacinadas.

A grávida e a puérpera devem comprovar a vacinação com a primeira dose da AstraZeneca. A grávida com o cartão da gestante. E a puérpera, com a caderneta da criança e o cartão de quando era gestante.

#vacinasim
#vacinaparatodos