ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 21 jun 2021 · Ammai

AMMAI E ZOONOSES ENCAMINHAM AVES SILVESTRES PARA CETAS EM GOIÂNIA São duas araras e uma maritaca

Os profissionais da AMMAI, a Agência Municipal do Meio Ambiente de Itumbiara, e da UVZ, Unidade de Vigilância em Zoonoses, encaminharam duas araras canindé e uma maritaca para o CETAS, o Centro de Triagem de Animais Silvestres, do Ibama, em Goiânia.

As três aves, encontradas feridas, foram resgatadas pelos bombeiros e encaminhadas à equipe de Zoonoses, formada pela coordenadora, a bióloga Fernanda Camargo, o veterinário Luís Cláudio Gibaldi Vaz e o técnico Josué de Souza. Os servidores fizeram os primeiros atendimentos e cuidaram das araras e da maritaca até a completa recuperação das três aves. Mas os animais ficaram com lesões permanentes. As araras com fraturas nas asas e a maritaca precisou ter uma das pernas amputadas. Obede Rodrigues Alves, coordenadora de educação ambiental da AMMAI, disse que as aves ficarão sob os cuidados dos profissionais do CETAS, já que não podem mais serem soltas na natureza.

A população deve manter contato com a AMMAI e a Zoonoses para denunciar maus tratos de animais silvestres e domésticos. Ou pedir o resgate de animal silvestre ferido. O contato da AMMAI é o telefone fixo, que também é WhatsApp, (64) 3433-0316. Já o contato da Zoonoses é pelo zap (64) 99294-7154. O atendimento, nas duas instituições, é de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas. Fora desses dias e horários, o contato, para resgatar animais silvestres com ferimentos, é com o Corpo de Bombeiros pelo número 193.